Rede de Bibliotecas de Alpiarça

  • Aumentar o tamanho da fonte
  • Tamanho padrão da fonte
  • Diminuir tamanho da fonte

Historial

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

Foi em 1997 que surgiu a primeira intenção de criar um catálogo bibliográfico colectivo em Alpiarça, o qual tinha como objectivo principal colocar num único repositório os dados bibliográficos da Biblioteca Municipal de Alpiarça, da Casa dos Patudos - Museu de Alpiarça, da Escola da EB 2,3 / S de José Relvas, da Sociedade Filarmónica Alpiarcense e do Clube Desportivo "Os Águias". Esta centralização dos catálogos das bibliotecas cooperantes numa única base de dados, iria permitir fazer pesquisas globais, resultando daí vantagens evidentes no acesso à informação bibliográfica existente no nosso concelho. Podia ler-se no projeto ALPBASE - Base de Dados Bibliográficos de Alpiarça:

"O objectivo inicial de projecto ALPBASE era, e ainda é, colocar os espólios das Bibliotecas cooperantes ao serviço de todos os que pretendam conhecê-los ou consultá-los e, simultaneamente, conservar e ampliar os seus conteúdos. Consegue-se assim reanimar as bibliotecas, e o acesso à informação não fica limitado ao seu espaço físico. 

Após concretização do projecto, e apesar de as Bibliotecas cooperantes poderem estar inactivas em termos de abertura ao público, passam a estar activas em termos de conteúdo, o que vai certamente dinamizá-las e torná-las conhecidas do público em geral"

Este projeto surgiu quando a Internet ainda estava a dar os primeiros passos em  Portugal. Assim, a intenção inicial foi a de colocar nos computadores de cada biblioteca a base de dados coletiva da ALPBASE, o que, por escassez  de meios informáticos (e financeiros) acabou por só acontecer na Biblioteca Municipal.

Mais tarde, já quando a biblioteca da Sociedade Filarmónica estava catalogada e a da Biblioteca Escolar da Escola EB, 2,3 / S de José Relvas estava numa fase avançada, surgiu, através de um contacto informal com um dos responsáveis do projeto “Porbase” da Biblioteca Nacional de Portugal, a possibilidade de alojar a base de dados da ALPBASE nos seus servidores. E assim aconteceu. Em termos de interface de pesquisa, em relação ao modelo que estava instituído, teve de sofrer uma pequena alteração para permitir a recuperação dos dados pela sigla da biblioteca. E ainda hoje se encontra disponível, em http://pacweb.bn.pt/alpbase.htm, apesar de a base da dados bibliográfica se encontrar desatualizada, isto porque entretanto a Biblioteca Nacional encerrou todos os outros catálogos que estavam alojados no seus servidores, à excepção deste. Podia ler-se no projeto:

"Pode, qualquer utilizador em qualquer lugar, desde que disponha de acesso à Internet,  aceder ao catálogo e saber se o documento que procura se encontra disponível no concelho de Alpiarça, e se sim, em que Biblioteca se encontra."

Este projeto foi considerado um caso de estudo e mereceu destaque no boletim “Notícias Porbase 5, nº20” e, ainda hoje, depois da maioria dos catálogos exteriores à Biblioteca Nacional terem sido desativados, o da ALPBASE continua on-line, assim como uma referência ao projeto no site da Porbase. Para mais informações sobre o projeto: www.alpiarca.pt/biblioteca/bm_catalogo.htm

Em 2002 assina-se o Protocolo de colaboração entre a Biblioteca Municipal de Alpiarça e a Biblioteca Escolar da Escola da EB 2,3 de José Relvas, no âmbito da ALPBASE, o qual, além do apoio no tratamento documental e formação profissional, previa a cooperação nas atividades de promoção da leitura. Entretanto a Biblioteca Escolar foi ganhando dimensão, num envolvimento crescente da estrutura da Rede de Bibliotecas Escolares a nível nacional e também do Plano Nacional de Leitura. Em 2008 inaugura-se a Biblioteca Escolar da Escola EB1 de Alpiarça, que atualmente serve também o ensino pré-escolar. A nova Biblioteca Municipal é inaugurada em 2007 e, por motivos alheios à vontade das equipas, assistiu-se a um abrandamento da cooperação existente até essa data. Retomamos novamente o ritmo de trabalho e, fruto disso, surgiu a fomalização da criação do SABE - Serviço de Apoio as Bibliotecas Escolares, em 2010, formalizando, dentro dos parâmetros previstos pela RBE, a nossa Rede protocolada a nível concelhio.

Neste Portal, na página "A Rede", descreve-se o restante caminho traçado até ao momento atual.

 
Entrada A Rede Historial

Inquéritos

Com que frequência utiliza o Portal?
 

Em linha

Temos 23 visitantes em linha

Catálogo Coletivo

Faixa publicitária

Parceiros

Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária